Quinta das Relvas

Workshop

Agrofloresta de Sucessão Dinâmica

6 e 7 Março 2021

O quê?

Formação teórico-prática em Agrofloresta de sucessão dinâmica (15 horas de formação): alternativas em policultura para uma gestão florestal mais rentável e sustentável.

Quando?

6 e 7 de Março de 2021

Onde?

Quinta das Relvas
Rua Quinta do Alferes s/n
3850-503 Portugal

Quem?

Bernardo Sá Nogueira (formador)*

Quanto?

GRATUITO para a população da Vila da Branca**;
70€ para outros interessados.

Como?

Aos interessados pede-se que reservem o seu lugar através do email info@quintadasrelvas.pt ou pelo telefone +351 912 551 073

O que está incluído?

O que está incluído?
15 horas de formação teórico-prática;
seguro durante a atividade;
ferramentas necessárias à atividade;
2 pequenos coffee-breaks por dia.

O que não está incluído?

Almoço vegetariano: 6€50 por dia (prato, bebida e café) – opcional
Estadia: a partir de 40€ p/noite p/casal – opcional

A formação será em português?

Sim, but if you only speak english we are happy to help you with the translation 🙂

O que trazer? (recomendado, não obrigatório)

– roupa quente e confortável;
– casaco impermeável;
– repelente de mosquitos;
– luvas de jardinagem;
– galochas.

Como chegar?

VINDO DE PERTO (COMUNIDADE LOCAL): a Quinta fica entre a Barroca e Casaldima, na rua da Quinta do Alferes.
Vindo da Igreja Matriz e passando o Largo Humberto Delgado (café da Fátima) em direcção a Casaldima, a Quinta das Relvas fica dentro do muro antigo que surge à esquerda, depois da Calçada das Relvas. A entrada deve ser feita pelo portão que surge neste mesmo muro, rodeada que retratos pintados a branco.

VINDO DE LONGE (DE CARRO): Basta apanhar a IC2/N1 na zona de Albergaria-a-Velha e seguir para norte. Depois da zona industrial chega-se à Branca e, passadas duas bombas de gasolina da Galp, há que virar à direita, em direção à montanha, na Rua da Avenida Nova. Ao cima da rua fica o muro da Quinta. Virando à direita o portão surge do lado esquerdo.

VINDO DE LONGE (DE AUTOCARRO): Há autocarros diários Rede Expresso para Albergaria-a-Velha. Aí é possível apanhar um autocarro local para Branca (que, dependendo do dia e horário, poderá ser gratuíto!). Chegando à Branca a paragem fica próxima da segunda bomba da Galp e da pastelaria “Ceifeira”. Aí há que subir a rua da Avenida Nova (500m) e no topo virar à direita: o portão da Quinta ficará à esquerda, num muro antigo.

VINDO DE LONGE (DE COMBOIO): É possível chegar à Quinta vindo de comboio até Estarreja pelo Intercidades mas aí há que apanhar um taxi até à Quinta (custo aproximado de 12€uros).

Outras informações

*Bernardo Sá Nogueira tem CCP (Certificado de Competências Pedagógicas) e tem formação em Biologia Ambiental,  Fotografia, Permacultura, Sociocracia e Agricultura Sintrópica com Ernst Gotch mas considera-se acima de tudo Agricultor e Facilitador de processos. Desde 2010 estuda e partilha as éticas da Permacultura e vê na Agrofloresta de Sucessão Dinâmica a ferramenta mais eficiente para a regeneração ambiental. Vive no Alentejo em Montemor-o-Novo onde está empregado na Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio como responsável das Agroflorestas (entre outras responsabilidades) e colabora com a Cooperativa Minga e outros projetos da região.

** Atividade realizada em parceria com a Junta de Freguesia da Branca